ENTREVISTA: Lorenza Pozza para Inesquecível Casamento

Unir duas paixões em um projeto autêntico, delicado e cheio de romance. Essa é a proposta da cantora Lorenza Pozza quando a pauta se fixa na música para casamento. (Revista Inesquecível Casamento)

 

Foto: Flávia Valsani
Foto: Flávia Valsani

Fiquei super feliz quando fui convidada a dar uma entrevista para a ‘Inesquecível Casamento’. Os anos vão se passando, vamos trabalhando com o projeto e a correria do dia-a-dia não me deixa compartilhar tudo que gostaria aqui no blog, fatos interessantes que acontecem nos casamentos, um pouco mais sobre o conceito do trabalho e como me dedico a ele praticamente 24h do dia (rs!). Sendo assim, fiquei feliz com a oportunidade pois pude compartilhar um pouquinho da minha trajetória como cantora, a minha história com o projeto, o meu amor pelo universo dos casamentos e pela música, algumas curiosidades e canções. Vou deixar alguns trechos preferidos aqui abaixo mas vocês podem conferir a entrevista completa lá no site da Inesquecível Casamento. 

Aproveito para agradecer imensamente a Fernanda Reich, pelo carinho com meu trabalho, e a jornalista Maria Eduarda Gomes, pelas palavras tão especiais!

Entrevista

O texto a seguir é de Maria Eduarda Gomes (Inesquecível Casamento) – A primeira nota musical e as primeiras palavras, vindas de uma doce voz, já anunciam que o que vem por aí passa longe do tradicional. E nem precisa de muito para acontecer: basta um microfone (pra lá de vintage!), alguns instrumentos e um repertório personalizado – e escolhido a dedo – para fazer com que a música para casamento se torne tão única quanto o momento.

Esses são alguns dos elementos necessários para dar vida ao conceito criado e executado por Lorenza Pozza. Aos 27 anos, a cantora propõe aos noivos muito mais do que repaginar protocolos quando o assunto é a trilha sonora da cerimônia e/ou da festa (afinal, há sim espaço para a marcha nupcial se assim for o desejo). O que ela quer, de verdade, é trazer, através de música boa e bem feita, uma atmosfera leve, intimista, autêntica e cheia de romance – assim como pede a ocasião.

Ficou interessada? Nós garantimos que daí vem muito mais! Conheça Lorenza Pozza e o trabalho (lindo!) que, desde 2010, realiza em casamentos por todo o país.

1. QUAL É A SUA FORMAÇÃO PROFISSIONAL? CONTA UM POUQUINHO PRA GENTE SOBRE SUA TRAJETÓRIA.

LP: Eu comecei a estudar piano quando era criança, com quatro anos. Quando descobri que podia cantar, simplesmente fiquei apaixonada e comecei a participar de festivais de música na minha cidade (Tijucas do Sul, interior do Paraná). Meus pais viram que eu gostava e me colocaram em uma aula de canto (as aulas eram em Curitiba e então, tive um superapoio deles, que me levavam para lá só para estudar). Fui me envolvendo cada vez mais com a música e lembro de termos investido na gravação de um CD quando tinha nove anos. Isso me levou a participar de alguns programas de TV, entre eles o Gente Inocente, na Rede Globo, em que fiquei até sua extinção. Depois disso, tive algumas bandas, fiz cover da Avril Lavigne, tive uma banda para tocar na balada e um projeto de música POP francesa, até começar a cantar músicas mais românticas para os casamentos. Hoje, eu vejo que é o projeto que mais tem a ver comigo e com a minha essência.

2. QUANDO VOCÊ SE DEU CONTA DE QUE QUERIA TRANSFORMAR PAIXÃO EM PROFISSÃO?

LP: Acho que foi quando eu percebi que aquilo que você faz com mais naturalidade, com amor e com carinho é muito mais gostoso e consequentemente, torna o trabalho mais especial pois é muito verdadeiro, sabe?! E isso me deu muita paz no coração…

Trabalhar com música sempre foi uma vontade muito grande e, apesar de ter tido muitas experiências profissionais com a música quando era criança, trabalhando na TV e em bandas, sempre vi ‘cantar’ como um sonho e não algo que pudesse de fato acontecer. Por isso, quando foi a hora de escolher a minha profissão, já estava um pouco decepcionada com o meio musical e acabei fazendo Relações Públicas. Apesar de ter me formado, quando me mudei para São Paulo, trabalhei apenas um ano na área, porque resolvi me arriscar e apostar todas as fichas na música. Foi aí que comecei o projeto de música para casamento, paralelamente a outros dois projetos musicais. Depois de três anos, pensei em desistir devido à dificuldade do mercado de introduzir o conceito que havia imaginado (músicas populares mais delicadas para a cerimônia com o violão e poucos instrumentos), mas logo em seguida, o trabalho começou a ser mais reconhecido e hoje estou no meu sexto ano com este trabalho. E muito feliz!

3. COMO E POR QUE VOCÊ COMEÇOU A SE INTERESSAR PELO WEDDING WORLD?

LP: Eu sou uma pessoa sonhadora, romântica e sempre gostei muito de cantar músicas que falam sobre o amor. Cantar em casamentos me parecia uma oportunidade legal de poder interpretar canções lindas em um momento de muito significado, cheio de magia. A minha ideia era ter um trabalho para tocar músicas POPs na cerimônia, porque ficava pensando que, se eu quisesse casar, eu gostaria muito de chamar alguma pessoa/grupo que tocasse as músicas que eu gosto de ouvir, mas com uma roupagem mais delicada. Foi aí que, lá em 2010, o projeto nasceu e que comecei este novo conceito em música para casamento: mais intimista, romântico, POP e delicado.

Me apaixonei ainda mais por este universo dos casamentos depois que descobri blogs de noivas, vendo casamentos feitos com amor, do jeito dos noivos, cheios de autenticidade e doçura.

captura-de-tela-2016-10-09-as-20-39-33

Para ver mais, acesse a entrevista no site Inesquecível Casamento

CATEGORIAS: Lorenza, Lorenza Pozza

Comentários

comentários